sexta-feira, fevereiro 29, 2008

Ó diacho...

...querem lá ver que aquele cigarro que deram à pouco, não era um SG Gigante?

segunda-feira, fevereiro 18, 2008

Kosovo

Qual vai ser o novo hino do Kosovo?

"Pristina, não vais levar a mal, mas beleza é fundamental..."
Quem é quem



Ampliem a imagem e tentem identificar as mais de 100 personagens aqui retratadas...e boa sorte!
O tal do "País Real"

Chove um bocadinho de nada durante uma noite, e o concelho onde moro, a uns meros 8 Km de Lisboa, fica tipo ilha, isolado do resto. Enfim: Euro 2004, Expo 98, CCB e Afins? Sim, sim, isso é que é o progresso.

quinta-feira, fevereiro 14, 2008

Porque o Natal é quando um homem quiser...

... Achmed e o seu Jingle Bombs!
Só hoje é que vi mais esta preciosidade de Jeff Dunham e tinha de partilhar. Fica também a letra para poderem acompanhar...

Dashing through the sand
With a bomb strapped to my back
I have a nasty plan
For Christmas in Iraq.
I got through Checkpoint A,
But not through Checkpoint B
That’s when I got shot in the ass
By the US military.
Ohhhhh! Jingle Bombs!
Jingle Bombs!
Mine blew up, you see.
Where are all the virgins that Bin Laden promissed me?
Ohhhhh! Jingle Bombs!
Jingle Bombs!
Your soldiers shot me dead,
The only thing that I’ve got left is the towel upon my head.
I used to be a man,
But every time I cough
Thanks to Uncle Sam
My nuts keep falling off.
My bombing days are done,
I need to find some work.
Perhaps it would much safer
As a convenient store night clerk.
Ohhhhh! Jingle Bombs!
Jingle Bombs!
I think I got screwed
Don’t laugh at me because I’m dead
Or I Kill You!!!

Feliz Natal a todos!

quarta-feira, fevereiro 13, 2008

Um ventríloquo com piada...o mundo deve estar mesmo para acabar



Com a devida vénia ao colega Carlos Vilela!

terça-feira, fevereiro 12, 2008

Guilty pleasures



O jeito que dá ter uma criança em casa para comprar certas coisas...duvidosas para pessoas com idade para já ter juizo!

quarta-feira, fevereiro 06, 2008

Jelly battle - porrada de criar bicho!



O meu vício actual é tentar destruir pequenos seres gelatinosos com todo o tipo de armas, desde a mala de senhora nas fuças até à mais popular bigorna na cabeça.

Aqui!

sexta-feira, fevereiro 01, 2008

Corpo Nacional de Queixinhas

Eu é que não sou ...pois!Ponto prévio, eu considero as campanhas da Media Markt em geral, bastante parvas. E esta última não foge à regra. Resumindo, um grupo de representantes da Parvónia ouviram falar da Media Markt e vieram a Portugal tentar descobrir o que são preços baixos (boa sorte, já agora!). Esse grupo inclui um general gorducho, uma miss anémica, um presidente com um farfalhudo bigode e um escuteiro.

Ora, se da parte dos generais anafados, das misses a precisar de uma horas ao sol e dos presidentes do século passado não se ouviram reclamações relativamente ao uso da sua imagem, já dos escuteiros a reacção foi violenta, com uma ameaça de processo à cadeia de lojas devido à utilização do escuteiro como um dos parvos do anúncio, chegando Nuno Castela Canilho, dirigente do Agrupamento de Escuteiros 1037 da Mealhada, a afirmar que «a publicidade não precisava de um escuteiro para dar a ideia dos parvos, pois se não estivesse fardado era igual». E eu concordo, boa parte dos escuteiros que eu conheço não precisam da farda para dar a ideia de parvos...

Já o que estranho é que, após este protesto, não apareçam novas campanhas de indignação da parte dos jogadores e dirigentes de futebol, das modelos, dos membros do jet-set, dos comentadores desportivos, dos taxistas, dos policiais da GNR, das Mayas e cia, etc... reclamando pela ausência de representantes dos seus estereótipos nesta campanha publicitária. Vamos lá a rectificar isso, senhores publicitários!