sexta-feira, dezembro 31, 2004

A Dulce precisa de um cérebro, e depressa!

Ela é a perfeita anormal...bravo!Ok, já toda a gente deve ter recebido este mail umas 10 vezes, já deve estar publicado em centenas de blogs mas penso que é da máxima urgência passar a mensagem, fazer chegar a todos o canto do mundo a informação. Esta senhora que vos apresentamos chama-se Dulce Ferreira (é cuspir-lhe em cima, no mínimo) é, sem margem para dúvidas, e mesmo considerando a existência de concorrentes da craveira de Luís Delgado, Rui Gomes da Silva, José Castelo Branco, João Soares ou Manuela Moura Guedes a vencedora para o prémio Idiota do Ano de 2004. E sem contestação.

É que Dulce Ferreira (ou então batam-lhe, batam-lhe se a virem pela rua...), uma acéfala turista portuguesa de partida para a Tailândia, dois ou três dias depois da tragédia que se abateu sobre o Sudoeste Asiático, conseguiu bater toda a concorrência (e este ano a eleição estaria bastante renhida) com uma simples entrevista de minuto e meio onde explicou as razões porque manteve as suas férias marcadas, apesar de tudo o que tinha acabado de acontecer.
Dulce Ferreira (mas batam-lhe mesmo com força, não tenham piedade, por favor...) respondeu ao jornalista da SIC Notícias, que já tinha as férias marcadas, que não tinha ficado nada preocupada com o que tinha acontecido, porque os pais, que lá estavam, tinham enviado uma mensagem a dizer que tinha havido "uns tsunamis e umas coisas", mas estavam bem. Nada de mais portanto, para a "senhora" Dulce Ferreira (atirar com pedras ou outras coisas pesadas à cabeça também me parece bem...)!

Mas Dulce, a bronca nacional, não se ficou por aqui. À pergunta sobre se estava triste com toda a situação, esta besta respondeu: "sim, claro, agora já não vou ter todas as condições de férias que iria ter se por acaso não tivesse acontecido nada disto. Por outro lado, estou contente, porque vejo as coisas mais ao natural, como elas são."

Mais de 100 mil mortos e a porra dos "tsunamis e umas coisas" não podiam ter esperados uns 2 dias por esta coisinha? Xiça!!!
Vale a pena dizer mais alguma coisa? Ou é mesmo só preciso repetir o apelo que os mails que me chegaram fazem?

É que esta "senhora" merece ou não merece ser enxovalhada se for avistada na rua? Ah pois merece! Dulce Ferreira (chamem-lhe nomes feios, muito feios, ao menos...), você é o elo mais fraco, adeus!

PS: Já agora, fica mais um apelo. Se algum operador de viagens apanhar esta senhora a preparar as férias para 2005, recomendem-lhe visitas ao Monte Sta.Helena, às montanhas colombianas, a certos bairros pitorescos do Rio de Janeiro ou à Cova da Moura, pela noitinha. Se for preciso, digam-lhe que aí sim, pode ver as coisas (muito) mais ao natural. Nós agradecemos!
O rigor, o profissionalismo...e a falta dele no jornalismo português

Ah, a boa televisão que nós temos...Tenho seguido com atenção a meia-hora a 45 minutos diários que os diferentes espaços de informação dos canais nacionais têm dedicado à situação provocada pelo terramoto (e consequente maremoto) do passado domingo. E, quase uma semana depois, posso comprovar a incrível falta de qualidade de boa parte dos jornalistas (e também de alguns comentadores supostamente especialistas) que trabalham nas televisões portuguesas, sendo a TVI o exemplo máximo daquilo de que falo. Fica pois, um pequeno resumo daquilo que apanhei:

- "O risco de epidemias é um mito, não existe perigo desde que as doenças não existissem já no local" - médico da Univ.Coimbra a comentar na SIC;
(aliás, a Organização Mundial de Saúde, todas as organizações de auxílio médico, os governos locais e estrangeiros não passam de simples amadores. Onde já se viu águas pútridas, milhares de cadáveres em decomposição acelerada, esgotos e restantes canalizações destruídas, numa zona já de si servida pelas melhores condições de higiene do mundo, darem origem a epidemias.)
- "A ilha de Samatra..." - durante toda a emissão de 2ª feira do Jornal Nacional, repetido umas 5 vezes, pelo menos;
(Samatra, Simatra, Sumatra, também o que interessa isso?)
- "O governo malasiano..." - jornalista da TVI;
(e vá lá, vá lá, não terem dito que o líder do país era o José Carlos Malato, já foi uma sorte...)
- "Risco de epidemias de malária, cólera, deng, tifo..." - no rodapé da SIC;
(qual dengue, qual carapuça, então se acabar em "g" não fica muito mais oriental o nome da doença, até lá havia o Deng Xiao Ping e tudo...)

E a minha "preferida":

- O maremoto atingiu 9 valores na escala de Richter, que tem um máximo de 10 - jornalista da TVI;
(foi de 8.9, a escala termina em 9, e foi o terramoto e não o maremoto que atingiu esse valor...)

terça-feira, dezembro 28, 2004

A todos um poderoso e positivo 2005!

ANO NOVO, VIDA NOVA, Ó CARAÇAS!Plagiando uma ideia de um criativo da nossa praça, revejo em mim uma campanha publicitária que por aí anda a circular:

- Carro novo;
- Casa nova;
- Móveis novos;
- Electrodomésticos novos;
- Vizinhos novos;
- Fornecedores novos;
- "Trabalho" novo;
- Roupa nova;
- Relógio novo;
- Carteira nova;
- ...


Nunca como este ano, achei tanto sentido a este chavão:

"ANO NOVO, VIDA NOVA"

...a que humildemente me permito acrescentar, ANO NOVO, VIDA NOVA, Ó CARAÇAS!

Viva 2005, cuja possibilidade de ser pior que 2004, pelo menos para mim, é quase nula!

E já agora deixo aqui também os meus mais sinceros desejos de que tudo corra pelo melhor em 2005 aos poucos visitantes que temos. Segundo os últimos números são exactamente 6. Minto, são 5, que a minha mãe não conta, uma vez que só aqui aparece para fazer número.

PS: Já agora, se tal for possivel, gostaria que não houvesse novidade nos resultados que o Glorioso tem feito em Alvalade nos últimos anos, mas se calhar isso já é pedir um pouco demais...
Portugal à beira de 2005 - breve resumo

Estamos bonitos estamos...Principais líderes políticos: Um ex-alcoólico em permanentes ciclos de recuperação e recaída, um homossexual (não assumido) corrupto, um maníaco sexual e toxicodependente, um homossexual (não assumido) e habitual frequentador do Parque Eduardo VII, um afinador de máquinas ortodoxo e um Francisco Louçã.

Figuras públicas com maior exposição televisiva (as ditas celebridades): um actor e realizador brasileiro de filmes pornográficos; um José Castelo Branco (desculpem, mas não arranjo descrição para semelhante criatura); uma tia ex-mulher de um maníaco sexual e toxicodependente; uma ex-prostituta e "modelo"; uma "apresentadora" de notícias em pelota; um ex (e futuro?) presidente de Câmara com processos de corrupção e que tem por passatempo perseguir árbitros de futebol; um burro falante etc...

E ainda há quem se pergunte porque é que o país está como está?

segunda-feira, dezembro 27, 2004

Um ano depois...de novo a 26

E de novo sobre a forma de um violento sismo.

  • 26 de Dezembro de 2003 - Terramoto atingindo 6.3 na escala de Richter, epicentro em Bam, Irão - mais de 50000 vítimas mortais (o governo iraniano "só" admitiu 26271 mortes).
  • 26 de Dezembro de 2004 - Terramoto atingindo 8.9 na escala de Richter, epicentro ao largo da ilha de Sumatra, Indonésia, maremoto a atingir grande parte do sudoeste asiático e a costa oeste de África - mais de 25000 mortes confirmadas até ao momento.
PS: Neste momento a contabilidade caminha para a centena de milhar de vítimas (e o número não pára de aumentar)

quarta-feira, dezembro 22, 2004

Natal com todos...

Oh oh oh, por todo o lado, oh oh ohDepois de, mais uma vez, sermos brindados com programas como o Natal dos Hospitais, o Natal das escolas, o Natal Mágico, o Natal nas Prisões, ou a Festa no Hospital Amadora-Sintra não perca, no próximo ano, os seguintes especiais de 18 horas:

Natal do Mercado do Bolhão;
Natal no Centro de Desintoxicação da Buraca;
Natal na Loja da Ti Ermelinda, em Caneças;
Natal no Nepal;
Natal no dia de Natal

E mesmo assim não há Natal que bata o meu preferido...dia 24, às 6 da manhã, o grande show do ano, na RTP Memória, o Natal com José Cid!!!

terça-feira, dezembro 21, 2004

Ronaldinho quê?

Este rapazinho, que ainda recentemente ganhou este prémio, apareceu um dia, um ano após ter sido Campeão do Mundo do seu escalão etário (sub-17), no Departamento de Futebol do clube da minha terra - o Estrela da Amadora - para se treinar à experiência, pedindo na altura cerca de 150 contos, mais casa e carro... grandes visionários que aqueles tipos eram, sem dúvida...

segunda-feira, dezembro 20, 2004

Oh tempo, volta para trás

Venho agora de um corte de cabelo e notam-se sinais alarmantes de uma certa calvície, acrescidos de um incontável número de cabelos brancos. Porque raio é que um tipo, quando avança na idade, vê aparecer pêlos em locais indesejados e aqueles que mais preza teimam em ir desaparecendo?

terça-feira, dezembro 14, 2004

Olha o moblog fresquiiiiiinho!!!

A deprimente tentativa de manter um interessante moblog. Bem moderno! Nuno Markl no seu«melhor»O sô Nuno Markling, esse moço bizarro, abriu um moblog, e aproveita para tirar fotos a tudo o que vê (queremos rabos e mamas, vá lá!), com o seu poderoso telemóvel, a qualquer hora da noite ou do dia...
Por este site perverso coexistem, para já, coisas como os conselhos literários (The book of bunny suicides), o cabelo acachapado (e um pouco gay, diga-se) do autor e imagens das duas cadelas (a anciã Jamie e uma discípula de Satã) que habitam com o simpático casal Marques. E pronto, é a promo deste novo site que muito promete e, como sempre, dificilmente cumprirá. Vá lá, vão lá ver, chamem-lhe nomes, tipo caixa-de-óculos, betinho, gôdo, e assim...ele até gosta!
É que há vida (embora deprimente e estranha) na cabeça deste tipo...vida e muiiiita iztúpidez!

segunda-feira, dezembro 13, 2004

O homem que parece que já foi adepto de não sei o quê

Meus amigos, isto o que aconteceu foi muito simples meus amigos. O que aconteceu é que eu chego aqui, e sou logo confrontado com certas e determinadas situações que eu não aprecio, hã! Quer-se dizer, eu digo: "Então como é que é?" e os gajos "Ah e tal, este ano é que é..." e eu: "Ah e tal, este ano é que é, não! Ah e tal este ano é que é, não! Então eu venho de lá de baixo a esfregar as mãos, todo contente e dizem que não sei quê, que os reforços são bons, que o treinador sabe-a toda, que isto está já tudo controlado, afinal chego cá acima parece que não! Em que é que ficamos, meus amigos?", e os gajos: "Ah, não sei que mais e o camandro", e eu "Mau! Tu queres ver que a gente tem que se chatear?" Que isto assim não pode ser! Eu sou um gajo que estou aqui para apoiar, quero apoiar, hã, e dizem-me, como já aqui ouvi, "Ah, não sei quê!". Mas o que é isto? Que é isto? Isto não se faz, que eu sou um gajo que dou-me bem com toda a gente, sim senhor, dou-me bem, está tudo bem e fazem-me isto! Depois há uns gajos vestidos de preto com um apito na boca, que fazem trinta por uma linha, e depois passa tudo incólume, que é coisa que eu não percebo. Tal como uns outros que vestem de vermelho e branco e passam a vida a olhar para cima! Assim não pode ser, pá! É que assim deixo de cá vir, passo a fazer a minha vida para outros sítios, sítios onde inclusivamente malta me diz: "Eh, pá e tal, sim senhor, isso já não interessa a ninguém! Nem daqui a outros dez anos, pá", e é para lá que vou, deixo de vir aqui, pá! Porque quando vejo que há aí palhaços pá, que falam falam, falam falam, falam falam, falam falam, falam falam, pá, e não os vejo a jogar nada pá, fico chateado, com certeza que fico chateado pá, tão a perceber?

sexta-feira, dezembro 10, 2004

Music quiz

Vá lá, tirem lá as dúvidas sobre os vossos vastos conhecimentos musicais.

Que tal testarem a vossa cultura musical? Vá lá, aceitem o desafio! Basta inserir o nome de uma banda ou cantor no quadradinho, pressionar enter, ouvir as 10 músicas e optar por uma das 4 opções...divirtam-se!

terça-feira, dezembro 07, 2004

Apito dourado, versão extra?

Lá fora há quem arranje novos padrões para a asneira ao apito!Já devem ter ouvido falar do caso, relatado nas televisões nacionais, do jogador suiço de origem portuguesa, Paulo Diogo, que após festejar um golo ao serviço do seu clube, o Servette (também conhecido localmente por Geladde), ficou com o seu anel de casamento preso na vedação, perdendo o dedo anelar, ao afastar-se da mesma...triste e bizarro, sem dúvida, este episódio.

O que os noticiários não apontaram em Portugal foi aquilo a que se pode chamar (alô Markl, alô!) a Pièce de résistance desta história. É que Paulo Diogo, enquanto era assistido e levado para fora do relvado e de seguida para o hospital, acabou por levar o cartão amarelo, por celebrar excessivamente o golo...isso mesmo, celebrar excessivamente o golo!!! Nem quero imaginar o que o árbitro faria caso tivesse sido uma mão em vez de um dedo, ou pior ainda...

Ou muito me engano ou não era apenas o jogador que era de origem portuguesa, porque olhando para certas arbitragens recentes (e não só!), o sô árbitro deve ter mais sangue lusitano nas veias do que o próprio D. Afonso Henriques.

segunda-feira, dezembro 06, 2004

Mudam as moscas...

O papa juniorFoi um dos mais talentosos jogadores da sua geração, tendo representado, se a memória não me atraiçoa, o F.C. do Porto, o Bétis de Sevilha, o Penafiel e o Sporting Clube de Portugal.

Foi um treinador medíocre, com uma carreira pejada de polémicas e feita à base de compadrios, tráfico de influências (com grande suporte da empresa de que foi até à pouco tempo sócio), mezinhas e bruxarias, com duas passagens pelo comando da Selecção Nacional, que o adepto jamais esquecerá, quer pela miserável e vergonhosa carreira na fase final do Campeonato do Mundo de 2002, quer por outras situações, das quais o "Caso Paula" foi a mais mediática.

Abraçou recentemente, e provocando desde logo o pânico na II Liga, a carreira de presidente de clube de futebol. O desBlogueador, na sua dinâmica de Serviço Público, anunciou desde logo o óbvio - a subida do Penafiel à Superliga. E lançou também desde logo outro aviso, este com algo de muito mais sinistro - o estágio que este verdadeiro "expert" dos meandros do futebol nacional estava a iniciar, para atingir patamares muito mais elevados nesta sua nova carreira.

Com apenas um ano e meio de estágio, vendeu na semana transacta a sua participação na Olivedesportos, ou lá como eles agora chamam àquela agência bancária do Futebol Nacional e, pasme-se (ou não, ou não), adquiriu quase de imediato 11% do capital social da SAD portista.

E quase que confirmando todos os temores que o desBlogueador referiu em Julho do ano transacto, coloca-se de imediato na "pole-position" de uma corrida em que não vai ter rival, para a previsível substituição do "Papa" - até ao dia de hoje todos os 22 arguidos do "caso Pito Dourado" (e não, não é erro tipográfico porque, desde que foram conhecidas as medidas de coacção aplicadas ao empresário António Araújo, julgo que se deveria adoptar este nome) foram suspensos de funções. Medo, muito medo!!! Possivelmente numa primeira fase como "Testa de Ferro", eis que surge o Delfim daquele que já por várias vezes julguei que me iria sobreviver, como presidente do FCP.

António Oliveira é um fiel aliado de Pinto da Costa, desde os tempos da sua tomada do poder, ao ter-se recusado a voltar a jogar pelo FCP, enquanto por lá estivesse o antecessor do "Papa" e será certamente um "digno" sucessor.

E podem ter a certeza que o Toninho, como é conhecido em Penafiel, sua terra natal, não apareceria no lançamento oficial do livro do "Sumo Pontífice", com estas declarações, sem antes ter sido nomeado como o único "Bispo" com direito a substitui-lo num futuro, que julgo ir ser muito próximo. Deus te abençoe, meu filho...

domingo, dezembro 05, 2004

Obrigado!

Há coincidências do catano. É no preciso dia em que este antro de iztúpidez comemora ano e meio de existência que atingimos este número tão redondo de visitantes. A todos os que nos visitam, deixamos este verdadeiro clássico desBlogueador, repetido 200000 vezes!!!

200000 vezes obrigado!

Duzent...tá tudo louco, é o que é!

Mesmo assim, muito obrigado a todos!

PS: Se deixarem o vosso mail na caixa de correio do desBlogueador, posso-vos enviar o contacto de um bom psiquiatra...

sábado, dezembro 04, 2004

quarta-feira, dezembro 01, 2004

Uns breves minutos de alegria...

Estamos bem arranjados!Há alegrias que duram pouco...se a minha primeira tendência foi ficar satisfeito pela dissolução da Assembleia da República e consequente marcação de eleições antecipadas para Fevereiro, por parte do Presidente da República, esse sentimento durou até olhar para os nomes (e já agora, para as equipas) dos líderes que deverão ir a votos nessa altura: Santana "Kapital" Lopes, José "Guterres II" Sócrates, Jerónimo "avante ortodoxia" de Sousa, Paulo "Deneuve" Portas e Francisco "onde é que estão as câmaras de televisão?" Louçã...e ainda Manuel "ninguém me liga, ninguém liga ao Manel" Monteiro! Mas será que em mais de 10 milhões de almas, não se arranja mesmo melhor que isto?

É caso para dizer...estamos bonitos estamos!